Atividades

Atividades Educacionais O Programa Educativo, aberto a alunos e professores, oferece visitas marcadas e atividades extracurriculares. Durante as exposições temporárias de grande porte, são montadas oficinas temáticas.
Há uma sala de literatura infanto-juvenil na bibliteca destinada a abrigar atividades lúdicas e educacionais, tendo sua decoração e acervo adaptados a tais iniciativas.

Uma atividade que ocorre todos os dias da semana são as visitas guiadas para grupos de alunos que variam desde o C.A. até o terceiro grau. A visita leva os alunos às exposições, e posteriormente são desenvolvidas atividades relacionadas a elas. As visitas e as atividades são adaptadas de acordo com a faixa etária e os interesses específicos de cada grupo de alunos.

Além das visitas, que estão sempre ocorrendo, o CCBB desenvolve outras atividades, que acontecem durante um determinado período, estão sempre sendo renovadas. 

Dependendo do tema dos ciclos de cinema, as escolas podem fazer um agendamento, e as sessões às vezes são seguidas de debate.

Há também peças de teatro específicas para os estudantes, como "História em Cena", na qual os próprios artistas faziam um debate após o espetáculo.

Nos finais de semana, está acontecendo o "conta de novo", que ocorre na sala infanto-juvenil da biblioteca. Dinamizadores contam histórias para as crianças, e depois desenvolve-se uma atividade, como desenhos, por exemplo.

Em abril de 2001, terá início o "Caldeirão de Histórias", que é uma contação de histórias (contos, lendas) sofisticada e trabalhada, com atriz, direção, cenário, figurino.

Esta atividade acontecerá em uma sala no primeiro pavimento.

Durante os meses de férias escolares, há uma programação especial de cultura e lazer para os jovens. Exemplos de atividades realizadas: ateliê de artes plásticas, brinquedoteca, maquiagem, oficina de vídeo,show de mágica, espetáculo de marionetes etc.
Público-alvo O CCBB tem como ênfase o público infantil, tanto grupos de escolas como crianças que são levadas pelos pais. Durante a semana, as atividades são feitas para escolas, com agendamento. O centro cultural inclusive passou a abrir mais cedo (11:00 hs) especialmente para receber os alunos do turno da manhã.

Aos sábados e domingos as atividades são abertas ao público. Quando acontecem na rotunda, todos podem assistir, já nas salas de atividades há distribuição de senhas.
Formação do staff Os monitores são formados em áreas relacionadas à educação ou ao museu, como pedagogia, artes plásticas, história, museologia.
Divulgação dos eventos/projetos Há um contato permanente com as escolas, através de uma mala direta com 680 escolas do Rio de Janeiro. Os colégios devem ligar para o CCBB para se cadastrar. Todas as atividades são divulgadas em jornais e revistas, um meio que tem se mostrado eficiente pois as atividades abertas ao público nos finais de semana sempre atraem muitas crianças.
Espaços destinados às atividades
A sala infanto juvenil da biblioteca (5º pavimento) é sempre utilizada para atividades com crianças. Atualmente, está acontecendo nesta sala, nos finais de semana, o evento "conta de novo". A decoração é lúdica e colorida, pensada especialmente para atrair o público infantil.

A sala está dividida em quatro ambientes, e há paredes pintadas de verde, amarelo e azul. O piso é azul emborrachado, o que permite que as crianças sentem à vontade pelo chão. O mobiliário é composto por mesas e cadeiras, sendo algumas mais baixas para crianças menores. Há também várias estantes com livros infantis. Nas paredes estão colados desenhos feitos pelas crianças.

Um dos ambientes é o laboratório multimídia, com três computadores e vários CD´s para os usuários. Nesta sala o piso é de carpete cinza.

As salas de exposição podem ser utilizadas para atividades (aquelas relacionadas com a exposição), quando estas forem compatíveis com o espaço. Como exemplo, na exposição de fotografias já mencionada, as crianças tiravam fotos dos seus colegas na própria sala de exposição. Na rotunda também acontecem atividades, como espetáculos e oficinas.

bb at1
Fig.1: sala de atividade para crianças em visita orientada

bb at2
Fig.2: sala de atividades ligadas às exposições temporárias

Resultados O CCBB, através do seu programa educativo busca criar um elo entre o acervo e o freqüentador, educando as crianças para a arte.

Não há dados relativos à freqüência no CCBB de alunos que já participaram das atividades com as escolas, mas segundo a coordenadora do programa educativo muitos deles retornam com seus pais para as atividades nos finais de semana.

A procura pelas atividades no CCBB é sempre muito grande, há geralmente filas para as senhas das atividades abertas ao público.

Segundo dados fornecidos pelo CCBB, foram atendidas 63.567 pessoas no programa educativo durante o ano de 2000, e 662 escolas.
©2017 ARQUIMuseus : Grupo de Estudos de Arquitetura