Arquitetura

Implantação O Museu é um grande volume que ocupa toda a quadra, voltado para o seu interior (possui quatro pátios internos).
Mapa de Implantação
Ordenação espacial A organização das exposições se dá em salas enfileiradas. O público deve percorrer todas as salas, não há uma circulação externa que permita a entrada somente onde há interesse, exceto nas salas que circundam o Pátio Minerva. O percurso não é fixo, pode-se começar de locais diferentes.
Sistema de orientação Placas nas salas de exposição e outros espaços.
Iluminação Grande utilização da iluminação natural através das janelas. Os filtros são formados por toldos externos e painéis de metal com um tecido claro para diminuir a intensidade da luz e a poluição proveniente do exterior. A iluminação artificial é utilizada dentro das vitrines (luz fria) e distribuída nas salas em trilhos com lâmpadas no teto.
Janela totalmente aberta
(voltada para o pátio interno).
Janela com toldo e painel
(voltada para a rua).
Vitrine com
iluminação interna.
Trilhos com lâmpadas incandescentes.
Observa-se a variedade de soluções utilizadas nas diferentes salas.
Climatização Ventilação natural predominante, com aproveitamento do grande número de janelas existentes, auxiliada por ventiladores de teto. Apenas uma sala de exposição temporária é climatizada com ar condicionado (duto no teto).
©2017 ARQUIMuseus : Grupo de Estudos de Arquitetura