Casas do Império e da República em Petrópolis

Museu Imperial e Palácio Rio Negro

Resumo

O tema abordado configura um segmento do projeto de pesquisa da professora Cêça Guimaraens, intitulado "A importância dos museus e centros culturais para a reabilitação de centros urbanos", o qual abrange o estudo e a difusão de resultados das pesquisas acerca da arquitetura de edifícios de museus e centros culturais, compreendendo museus tradicionais, de favelas e ecomuseus.

Os objetivos deste segmento compreendem o entendimento dos entornos dos edifícios do Museu Imperial e do Palácio Rio Negro. Posteriormente a pesquisa abrangerá os demais edifícios dessa importância na cidade de Petrópolis, como a Casa do Colono, a Casa de Santos Dumont e o Hospital Santa Teresa. Nesse sentido, foi elaborado um estudo comparativo das soluções urbanísticas e estilísticas arquitetônicas desses edifícios com elementos iconográficos. Este estudo está representado em uma linha do tempo onde constam datas de projeto, intervenções arquitetônicas, alterações no entorno urbano etc.

Dentre os aspectos observados nessa linha do tempo encontram-se algumas das transformações ocorridas desde o início da formação da cidade até os dias atuais. Configuram-se, assim, as principais temporalidades da estrutura urbana na constituição do entorno desses edifícios.

O Museu Imperial, exemplo de composição "harmônica" de expressões arquitetônicas devido ao seu estilo neoclássico, tem importância vinculada à história da política e da democracia do país, além de sua arquitetura estar atrelada a personagens com ação relevante no período de formação da cidade (Júlio Frederico Koeler, João Cândido Guilhobel e José Maria Jacinto Rebelo).

O Palácio Rio Negro também sua história vinculada ao meio político e econômico do país, destacando Antônio Januzzi como autor do projeto.

Os resultados foram obtidos a partir do levantamento, seleção e sobreposição de mapas históricos e representações digitais contemporâneas. Desse modo, os mapas são observados na condição de elencos visuais dos diferentes tempos de formação da cidade. A iconografia daí resultante possibilita a compreensão direta da contextualização urbana desses edifícios, os quais são exemplos significativos da imagem cultural de Petrópolis.

A pesquisa de gabinete envolve leituras e consultas aos guias de arquitetura da cidade; e a pesquisa empírica abrangeu a compilação e o tratamento dos mapas antigos impressos e representações digitais, o que gerou a nova cartografia produzida para o estudo.

Unidade de Apresentação

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - CLA

Área Básica

60401001 - FUNDAMENTOS DE ARQUITETURA E URBANISMO

Observação

A cidade de Petrópolis é um dos segmentos espaciais estudados no projeto de pesquisa desenvolvido no PROARQ intitulado "A importância dos museus e centros culturais para a reabilitação de centros urbanos", o qual abrange o estudo e a difusão de resultados das pesquisas acerca da arquitetura de edifícios de museus e centros culturais, compreendendo museus tradicionais, de favelas e ecomuseus.

 

Museus em Petrópolis

©2019 ARQUIMuseus : Grupo de Estudos de Arquitetura