Museu afro brasil, o desafio da representação de uma cultura híbrida

Luis Gustavo Costa Araújo

Arquiteto e Urbanista formado pela UNISOCIESC instituição de Joinville, Santa Catarina. E-mail: luiscostaraujo@gmail.com

Resumo

O presente artigo visa proporcionar uma reflexão sobre o Museu Afro Brasil enquanto instituição museológica destinada a representação de uma cultura que é marcada pela hibridação cultural e pelos processos de intercâmbio cultural a qual foi submetida através da sua inserção em um território desconhecido e de forma subjugada. O artigo se inicia com uma breve consideração sobre os processos de hibridação cultural que resultaram na formação da etnia afro-brasileira, seguido de um histórico da busca desse grupo étnico por um lugar dentro da realidade da arte nacional, almejando uma representação cultural e histórica que estivesse de acordo com os seus anseios como sociedade. Neste contexto, o Museu Afro Brasil foi escolhido como objeto de estudo devido a sua singularidade e por diversos aspectos apresentados no decorrer do texto. Esta reflexão busca compreender quais são os elementos e ferramentas utilizadas pelo espaço museológico para alcançar a representação de uma cultura híbrida em sua formação e tão necessitada de espaços que a afirmem e a evidenciem no contexto atual.

Abstract

This article seeks to provide a reflection on the Afro Brazil Museum museum institution intended as a representation of a culture that is marked by cultural hybridization and the processes of cultural exchange which was submitted through their inclusion in an unknown territory and subdued manner. The article begins with a quick consideration of the processes of cultural hybridization that resulted in the formation of african-Brazilian ethnicity, following a historical search of this ethnic group for a place within the realm of national art craving a cultural and historical representation that was according to their aspirations as a society, within this context the Museu Afro Brazil was chosen as the object of study because of its uniqueness and various other aspects presented throughout the text. This reflection seeks to understand what are the elements and tools used by the museum space to achieve a representation of a hybrid culture in their training and so in need of spaces that affirm and to depict the current context.

 

VOLTAR   BAIXAR ARTIGO